quinta-feira, 23 de outubro de 2008

perder dói!

Dói muito! Ainda mais nas circunstâncias que perdemos. Sim, estou falando das eleições e, embora tenha sobrevivido, não está sendo fácil superar.

Alguns pouquíssimos exemplos para ilustrar:

· Até 2004 apenas 12% do município de Palmas era coberto por rede de esgoto. O atual prefeito fez esse número saltar para 70%, em menos de 4 anos!!! (Palmas tem 128 anos)
· Em 2004, o índice de mortalidade infantil de Palmas estava em 40. Um número vergonhoso e dos mais altos do país. Na atual administração esse número caiu para 12 e Palmas bateu o recorde brasileiro de redução da mortalidade infantil.
· Palmas atingiu, em 2007, o índice do IDEB estimado para 2012. No país inteiro apenas 10 municípios conseguiram a façanha, e Palmas foi um deles. Até reportagem na Revista Nova Escola saiu, como exemplo na superação de dificuldades. Equivale a um avanço de 7 anos em apenas 2.
· O atual prefeito já está com todas as suas contas aprovadas pelo Tribunal de Contas do Estado do Paraná, sem qualquer ressalva ou emenda, fato raro!! (Pra quem tiver curiosidade está no filme)
· Por ser um empresário exportador de destaque no país, o atual prefeito levou para a administração pública os conceitos da privada. Administrador sério, e nada político, nunca se preocupou em agradar ou atender um ou outro. Fazia o que tinha que ser feito, dentro do que determinava a lei, e para todos, para o coletivo. Por isso Palmas deu o salto que deu nestes últimos anos. Dá gosto ver!

No entanto, 52% dos eleitores preferiram um candidato que, só pra resumir, está com o seu registro negado pela Justiça Eleitoral por ter contas desaprovadas quando foi prefeito. Ou seja: perdemos para um adversário que está inelegível porque agiu mal com o dinheiro público e que teve como grande mote de campanha o fato de dar cortes de cabelo nos bairros. Só pra resumir!!! Me diz se não é pra morrer?? O tal candidato ainda tenta reverter na justiça a sua situação mas até agora não conseguiu. Difícil uma justiça que permite um não-candidato fazer campanha...
Desde então venho tentando entender o que acontece nesta terra. Mais de 60% da população de Palmas possui renda familiar mensal inferior a R$ 1000,00. Só isso já explicaria a preferência por um tipo de política assistencialista e populista. Mas seria uma definição muito simplista. Esse tipo de política é responsável pela manutenção da miséria e, infelizmente, talvez seja essa a intenção! É muito mais fácil manipular quem passa fome!
Mas não é só isso! Ouso pensar que foi uma derrota cultural. Sabe aquela coisa: “sempre foi feito assim, estava tudo tão certo, o que vem esse doido querer ser um prefeito sério, cobrar IPTU, eliminar esgotos a céus aberto, reduzir mortalidade infantil, melhorar a qualidade da educação...”. Se tem esse ingrediente no meio, não foi só o povo simples e incauto o responsável pela vitória de quem, na minha opinião, envergonhará a prefeitura da cidade onde moro. Infelizmente o resultado representa o pensamento da classe dominante daqui. Isso, sim, é de lamentar e de questionar: onde vim parar?
Só que a vida continua! Mais triste e sem esperança no futuro desta cidade, mas continua!!! Desculpem o desabafo, mas eu devia essa satisfação a quem acompanha o meu blog e já imaginava que as notícias não eram boas!
Depois de duas semanas chorando, estou agora envolvida com umas coisinhas pra resolver, que ficaram pendentes por conta da campanha, e outras questões que surgiram e que logo conto!
Viajo mais tarde com a turma aqui de casa. Ando com uma vontade louca de voltar pros meus papéis, pras minhas fotos, pro Scrapdiary e pras minhas amigas da blogosfera! Me aguardem que semana que vem volto com tudo!!!

Parceiros de trabalho de quase uma década, e também amigos: o melhor prefeito que Palmas já teve e que, ironiamente, não se reelegeu e o coordenador geral das duas campanhas, 2004 e 2008. Essa foto é de 2004, depois da vitória, o que explica o sorriso no rosto! Por motivos óbvios, não tenho nenhuma desse ano!

Essa veio do blog da Vilma, de Portugal! Olha a coincidência do nome dos blogs!!! Recebi sua visita num momento difícil, fui retribuir e dei de cara com essa imagem! Não poderia ter vindo em melhor momento!


video

E aqui o trecho da sessão de 07/10/08, do Tribunal de Contas do Paraná, que falei acima.

Vou tentar ficar em dia com minha vida virtual no fim de semana. Como estarei viajando, não sei se vai dar. Mas segunda pretendo voltar com tudo!

Até lá!!!